quarta-feira, 26 de março de 2014

O que é Dor no cotovelo?

Este artigo descreve fatos relativos a dores e desconforto no cotovelo, não relacionados à lesão direta.

Causas

A dor no cotovelo pode ser causada por uma série de problemas. Uma das causas comuns em adultos é a tendinite, uma inflamação e lesão dos tendões - tecidos moles que prendem os músculos ao osso.

As pessoas que praticam esportes com raquete estão mais propensas a lesionar os tendões por fora do cotovelo. Essa condição é conhecida como cotovelo do tenista. Jogadores de golfe estão mais propensos a lesionar os tendões da parte interna do cotovelo.

Outros causadores comuns da tendinite no cotovelo são jardinagem, beisebol, utilização de chave de fenda ou movimentos excessivos do pulso e braço.

Crianças pequenas geralmente desenvolvem o chamado "cotovelo de babá", normalmente quando é puxado o braço esticado da criança. Os ossos são afastados um do outro momentaneamente e um ligamento desliza entre eles, ficando preso quando os ossos tentam voltar à posição inicial. Quando isso ocorre, a criança se recusa a usar o braço e chora bastante ao tentar dobrar ou esticar o cotovelo. Essa condição é também conhecida como subluxação do cotovelo (deslocamento parcial).

Outras causas comuns de dor no cotovelo são:

Bursite inflamação de uma bolsa cheia de líquido sob a pele
Artrite - estreitamento do espaço da articulação e perda de cartilagem no cotovelo
Tensões no cotovelo
Infecção do cotovelo
Mais sobre Dor no cotovelo
Consulte o médico se:

Tiver tendinite prolongada que não melhora com os cuidados em casa.
A dor for proveniente de lesão direta ao cotovelo.
Houver deformidade evidente.
Não estiver conseguindo usar o cotovelo.
Tiver febre ou inchaço e vermelhidão no cotovelo.
Uma criança tiver dor no cotovelo.

Cuidados
Nos adultos, os seguintes passos podem ajudar no tratamento de vários casos de dor no cotovelo:

Quando a dor for sentida pela primeira vez, aplique gelo por até 15 minutos a cada hora no primeiro dia. Continue aplicando gelo a cada 3 a 4 horas por até 3 dias. Enrole o gelo com um pano não o aplique diretamente na pele.
Envolva o cotovelo com uma atadura, como aquela tipo elástica. Talvez seja preciso utilizar uma tala de ar para manter o cotovelo imobilizado.
Mantenha o cotovelo elevado de forma que, se possível, fique acima do nível do coração.
Deixe a articulação do cotovelo descansar completamente por pelo menos 2 dias. NÃO retorne às atividades que causaram o problema por pelo menos 3 semanas. Depois, aos poucos, fortaleça os músculos em torno do cotovelo. Um fisioterapeuta pode ensinar como fazer isso.
Enquanto descansa a articulação, tome analgésicos como ibuprofeno ou paracetamol.
Após o período inicial de descanso, é preciso começar aos poucos a fortalecer os músculos em torno do cotovelo, através de leves exercícios de flexibilidade.
O cotovelo de babá pode ser tratado no consultório médico ou no pronto-socorro.

Na consulta médica
O médico realizará um exame físico, com atenção especial ao cotovelo, e fará perguntas como:

Ambos os cotovelos foram afetados?
A dor se estende do cotovelo para outras articulações?
A dor é nas saliências ósseas externas do cotovelo?
A dor começou de forma repentina e forte?
A dor começou lenta e suavemente e depois piorou?
A dor está passando espontaneamente?
A dor teve início após uma lesão?
No caso de cotovelo do tenista, a fisioterapia pode ser usada para alongar os músculos e tendões afetados. O médico deve prescrever um analgésico e uma injeção de corticoide no local da dor. Normalmente, são aplicadas não mais do que três injeções dessas. A cirurgia é o último recurso.

Em caso de artrite, fisioterapia e analgésicos podem ajudar. Quando há infecção, o médico deve prescrever antibióticos.

Nos casos de bursite, o médico talvez precise drenar o líquido e prescrever antibióticos.

Prevenção
Reduza o tempo que passa fazendo atividades que causam a dor.
Faça um aquecimento lento. Alongue o antebraço antes, durante e depois da atividade física.
Utilize "cotoveleira de malha" para ajudar a manter o cotovelo aquecido enquanto joga.
Utilize gelo ou ibuprofeno após a atividade para evitar inchaço e dor, se já tiver tido lesão no cotovelo.
Evite o cotovelo do tenista utilizando o tamanho correto de grip da raquete, cordas não muito apertadas e golpes com as costas da raquete usando as duas mãos.
Use uma cinta de cotovelo no local da lesão ou na área reabilitada para evitar outras lesões e diminuir a dor.
Faça exercícios regulares de alongamento e fortalecimento (indicados pelo fisioterapeuta ou médico).
Para evitar o cotovelo de babá em crianças, não puxe braços esticados. Evite levantar ou segurar a criança pelas mãos ou antebraços. As crianças que adquirem cotovelo de babá uma vez podem ter novamente com facilidade. Geralmente, após os 4 anos de idade, isso não ocorre mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário