quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Prefeito eleito receberá um município atolado em dívidas

O prefeito eleito de Viana, deputado Chico Gomes (DEM), informou, aos diversos colegas eleitos no Maranhão, que não deseja disputar a presidência da Famem.

Gomes demonstra que sua preocupação é resgatar Viana.O parlamentar garantiu que não recebeu nenhum convite do Palácio dos Leões para que aceite ser candidato da entidade dos prefeitos e que, se fosse convidado, agradeceria a lembrança do seu nome, mas prefere ficar em Viana, tratando dos problemas da cidade, a partir janeiro de 2013.

O gesto de Gomes é uma demonstração de que sua preocupação é resgatar sua cidade, tirá-la do estado de abandono em que se encontra hoje.

Ele receberá um município sucateado e atolado em dívidas, com pagamento da folha em meses de atraso, débitos com fornecedores e prestadores de serviços, além da carência nos setores de infraestrutura, saúde e educação.

Francisco Gomes sabe da tarefa árdua que terá pela frente e da missão difícil que enfrentará nos próximos quatro anos.

Gomes explicou que tem pela frente muitos problemas urgentes à sua espera em Viana, cujo prefeito Rivalmar Luís Gonçalves Moraes foi afastado há poucos dias pelo Tribunal de Justiça, acusado pelo Ministério Público de não realizar licitações superiores a R$1 milhão, em 2007. O novo prefeito está muito mais interessado em saber como vai encontrar as contas do município do que sobre a eleição da Famem. 

Por isso, nem pensou em acumular cargos para honrar aquilo que prometeu ao povo de Viana. Gomes não sinalizou apoio, até o momento, para nenhum dos dois mais fortes pré-candidatos, Gil Cutrim (PMDB), prefeito de São José de Ribamar, e Soliney Silva (PSD), prefeito da cidade de Coelho Neto.

Com informações do Luis Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário