quinta-feira, 29 de março de 2012

IMAGENS CHOCANTES: HOMEM TENTA MATAR OUTRO DURANTE REPORTAGEM AO VIVO

Uma equipe da TV Correio, filial da Rede Record no estado da Paraíba, flagrou, neste final de semana, uma tentativa ao vivo de assassinato em João Pessoa. Por volta das 01h30 da madrugada do último dia 18 (domingo), no momento em que o repórter Josenildo Gonçalves produzia uma reportagem no bairro Jardim Veneza, quando registrava o sofrimento de um jovem em uma calçada, identificado como Rodrigo Ferreira da Silva, que aguardava a equipe médica do SAMU depois de apresentar marcas de perfurações causadas por arma de fogo, um homem de boné, surpreendentemente, se aproximou e efetuou outro disparo de arma de fogo contra a vítima, na cabeça.

Na primeira vez, o revólver falhou, mas na segunda tentativa, o disparo foi efetuado. As imagens, registradas no vídeo acima, são chocantes. As cenas, bastante fortes, mostram o instante em que Rodrigo Ferreira é atingido.
O SAMU foi acionado e fez o socorro da vítima para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. De acordo com o último boletim da unidade hospitalar, o rapaz passou por exames e está em estado regular.
Jovem sobrevive
“Fiquei com medo de morrer. Vi a morte na minha frente na hora do último disparo”, contou Rodrigo Ferreira da Silva, baleado com três tiros na tentativa de homicídio registrada pelas câmeras da TV Correio, da Paraíba.
Ainda debilitado e com vários ferimentos, Rodrigo relatou a reportagem do Portal Correio, que os tiros foram motivados por causa de uma briga ocorrida há um ano durante uma festa no bairro Jardim Veneza, na Capital João Pessoa.
“Eu briguei com um rapaz há mais de um ano em uma festa. Houve discussão e só agora ele veio se vingar”, revelou.
Conforme relato da vítima, o homem que aparece nas imagens efetuando o tiro, não foi o que ele discutiu. Mas, um comparsa que foi contrato para matá-lo.
Rodrigo disse que nos primeiros disparos ele correu para se livrar da morte, mas devido aos ferimentos, não teve condições físicas para correr por muito tempo.
Segundo Rodrigo Ferreira, ele não tem envolvimento com drogas nem ficha criminal. Os disparos atingiram a boca, peito, braço esquerdo e costa. Ele já recebeu alta hospitalar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário