quarta-feira, 28 de setembro de 2011

O teólogo Leonardo Boff afirma em entrevista que igrejas estão na tv e na mídia são pecadoras


O teólogo Leonardo Boff afirma em entrevista que igrejas estão na tv e na mídia são pecadoras
“Eles continuamente pecam contra o segundo mandamento, que é usar o santo nome de Deus em vão e apresentam um cristianismo que é um pequeno Lexotan para acalmar as pessoas”, diz o estudioso a respeito das igrejas midiáticas.
Um dos principais teólogos da teologia da libertação, o ex-frei brasileiro Leonardo Boff em
entrevista no programa “É Notícia” com Kenenedy Alencar (jornalista) da Rede TV! na madrugada desta segunda-feira (26 de setembro), conversou a respeito do celibato, da existência de Deus e criticou as igrejas midiáticas, sejam estas, católicas ou evangélicas.
Leonardo Boff  foi duas vezes punidos por Ratzinger (hoje Bento XVI) com o “silêncio obsequioso” e ficou mais de dois anos sem poder dar entrevistas, fazer palestras ou publicar livros sobre Teologia da Libertação. O ex-sacerdote da Igreja Católica que auxiliou na consolidação da Teologia da Libertação no país – que em suma define a pobreza como um pecado e promove um engajamento social na construção de uma sociedade mais justa e solidária.
Confira os vídeos da entrevista:










Nenhum comentário:

Postar um comentário