segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Ex-juiz Godói diz querer 'amenizar dor' de jovem atropelada

Em entrevista à TV Gazeta, o ex-árbitro Oscar Roberto de Godói afirmou neste domingo que pretende ajudar a família da jovem que ele atropelou no sábado, em Franco da Rocha, na Grande São Paulo, e amenizar a dor da vítima. O hoje comentarista de TV, entretanto, nada mencionou sobre a acusação de estar embriagado no momento da colisão.
"O mais importante neste momento é poder ajudar a família e amenizar a dor dela, colaborar materialmente em tudo que possa ser feito. Como motoristas, sabemos e estamos condicionados a desviar de qualquer obstáculo, como um animal, e, portanto, jamais (eu) atropelaria um ser humano de forma proposital", afirmou Godói no programa Mesa Redonda. O ex-juiz de futebol foi detido com sinais de embriaguez na tarde de sábado, segundo a polícia. Ele se negou a fazer o teste do bafômetro, mas foi encaminhado para o hospital do município, onde passou por exame de sangue. Em fevereiro deste ano, Godói foi baleado em São Paulo em uma tentativa de assalto. A polícia prendeu um suspeito em maio, detido em flagrante por tráfico de drogas, e Godói reconheceu o homem como autor dos disparos. O ex-árbitro foi atacado quando chegava para um jantar em um prédio onde moram amigos. De acordo com a polícia, ele reagiu quando tentaram roubar seu veículo.
Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário