sexta-feira, 29 de julho de 2011

FESTA DE SÃO CÍCERO DO JUAZEIRO EM MACEIÓ


Carregando...
Foram dez dias – de 11 a 20/07/2011 – de muitas bênçãos e graças, na Paróquia de São Cícero do Juazeiro, Diocese de Maceió-AL, nas homenagens alusivas aos 77 anos da partida do Padre Cícero Romão Batista para o Céu. Como os romeiros costumam dizer: o meu padrinho Cícero não morreu, ele se mudou. Mudou-se para a eterna morada do Pai, de onde intercede por seus romeiros e devotos. Já se tornou tradição essas comemorações ao Glorioso Santo do Juazeiro, canonizado pela Igreja Católica Apostólica Brasileira no seu 3º Concílio Nacional, em julho de 1973, tendo como defensor da sua canonização o 1º Bispo Diocesano de Maceió, Dom Wanillo Galvão Barros, pai do atual Bispo Diocesano, Dom Walbert Rommel que, com o apoio da sua família, do Clero e fiéis, continua honrando a luta de seu pai, na defesa e difusão dessa abençoada devoção ao Patriarca do Juazeiro. Foi celebrada uma novena bem concorrida que precedeu o dia 20 de julho, marcado por muita euforia espiritual, por conta de uma festa religiosa que a cada ano se torna mais conhecida. Às 18 horas deste mesmo dia, na primeira Igreja consagrada a São Cícero, foi, em sua honra, celebrada uma Santa Missa onde, no seu final, foi trocado o cântico do diácono, Ide em paz..., pelo Procedamos em Paz..., para que todos acompanhassem a tradicional Procissão Luminosa do mais conhecido Santo Brasileiro. Sai uma multidão de fiéis às ruas do bairro do Feitosa, rezando e cantando os tradicionais benditos de São Cícero, enchendo de encantamento e admiração os moradores do bairro que, por algum justo motivo, não podiam deixar as sua casas para se ajuntarem àqueles que, deixando transparecer a sua felicidade, aureolada pela fé em Deus, e por sua devoção a Virgem Mãe das Dores e ao seu Padrinho Cícero, formavam aquela Procissão

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário