sábado, 30 de abril de 2011

Vasco e Flamengo lutam por hegemonia

GAZETA PRESS 

foto

Vasco e Flamengo decidem neste domingo, às 16h(de Brasília), no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), a Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Porém, a partida pode valer já o título estadual caso o Rubro-Negro, que já ganhou a Taça Guanabara, primeiro turno, saia de campo vitorioso e consiga, assim, repetir o feito do Botafogo, que em 2010 foi campeão carioca sem a necessidade de uma finalíssima. Já o Cruzmaltino luta para ficar com a Taça Rio e forçar a decisão, pois não conquista um título desde 2003, quando derrotou o Fluminense na final do Estadual. Caso o duelo deste domingo termine empatado, o vitorioso sairá na disputa de pênaltis.
O Flamengo chegou para esta decisão depois de eliminar o Fluminense nas semifinais, nas cobranças de pênaltis, depois de empate por 1 a 1 no tempo normal. Já o Vasco despechou a zebra Olaria com um triunfo por 1 a 0. Neste Campeonato Carioca vascaínos e flamenguistas se enfrentaram na Taça Guanabara, na fase de classificação, e o Rubro-Negro ganhou por 2 a 1.
Durante toda a Taça Rio Vanderlei Luxemburgo, técnico do Flamengo, nunca escondeu o desejo de terminar o Campeonato Carioca ficando com o título e sem a necessidade de uma finalíssima. Com o passar dos jogos, o comandante foi fazendo uma espécie de contagem regressiva que, segundo o desejo dele, chegará ao fim já neste domingo.
- O Flamengo está a um jogo de conquistar o título do Campeonato Carioca e trabalhamos durante toda a Taça Rio pensando neste objetivo. Quando a Taça Guanabara acabou nós passamos a ser a única equipe que poderia erguer a taça sem a necessidade de uma decisão e agora estamos muito perto desta meta. Vamos dar o nosso máximo para que essa chance não possa escapar - disse Vanderlei Luxemburgo.
Porém os planos de Vanderlei Luxemburgo serão atrapalhados no que depender de Ricardo Gomes, técnico do Vasco, que reconheceu que seus jogadores estão vivendo a ansiedade desta decisão.
- Não dá para não dizer que a ansiedade não está presente em uma semana importante como essa. Um Flamengo versus Vasco é sempre um clássico que mexe com todos os que estão envolvidos e dessa vez não será diferente. O pensamento de todos no Vasco é evitar que o nosso adversário conquiste a taça por antecipação e tenho a convicção de que podemos forçar a grande decisão - disse Ricardo Gomes.
Quando o assunto é a estratégia que as duas equipes irão adotar dentro de campo, os jogadores das duas equipes parecem adotar o mesmo discurso, deixando claro que o fator raça será determinante.
- Nós vivemos as últimas semanas com a ansiedade de podermos conquistar o título do Campeonato Carioca sem a necessidade de uma final e agora estamos muito perto do nosso objetivo. Claro que temos as nossas estratégias e o Vanderlei Luxemburgo nos deixou cientes do que precisamos fazer dentro de campo para ficarmos mais perto da vitória. Porém não dá para deixar de reconhecer que a raça e a vontade das duas equipes pode acabar fazendo a diferença - disse o meia Thiago Neves.
Pelo lado do Vasco, o atacante Eder Luis também vê a garra como o fator que pode ser mais decisivo.
- Um Flamengo e Vasco é um sempre um clássico que mexe com o emocional das duas equipes. Logicamente que tudo o que treinamos até aqui e colocamos em prática nos últimos jogos será importante, até porque foi isso que nos conduziu até esta decisão. Mas quando vale o título a garra e a raça passam a ser ingredientes ainda mais importantes, porque fazem a diferença quando a coisa está nivelada na tática e na técnica. Os dois times têm qualidade e por isso a vontade vai acabar fazendo a diferença - disse Eder Luis.
Em relação a escalação das duas equipes, o mistério está prevalecendo, inclusive com direito a treinos com os portões fechados. Mas o Vasco deverá repetir a formação que derrotou o Olaria. Enquanto isso o Flamengo ainda luta para recuperar o lateral direito Leonardo Moura, com lesão no joelho direito, e o meia Ronaldinho Gaúcho, que luta contra um edema ósseo no joelho esquerdo. Caso eles sejam vetados, Galhardo vai continuar na lateral, enquanto Deivid jogará no ataque, fazendo dupla com Wanderley.

Nenhum comentário:

Postar um comentário