quinta-feira, 31 de março de 2011

GREVE EM AÇAILÂNDIA CONTINUA FIRME


Nessa quarta-feira 30/03/2011, os professores e alunos da rede estadual de ensino, fizeram um grande movimento, que começou em frente ao Banco do Brasil e finalizou em frente a Unidade Regional de Educação (URE).
Durante o movimento os trabalhadores e  alunos se concentraram  em frente a URE, com apitos, faixas e palavras de ordem. Reunidos, os mesmos mais uma vez falaram da motivação da greve e da politica educacional do Estado e da situação com que se encontram as escolas e os educadores de Açailândia.Na ocasião foi solicitado a presença da Gestora Geral para prestaresclarecimentos, porem, a mesma não compareceu. 
Uma grande conquista  para o movimento grevista, foi a participação da imprensa, que tantas vezes negou espaço para a divulgação da greve dos professres, com medo de retaliação por parte do governo do estado.
O movimento contou com a participação dos representantes da União dos Estudantes Secundaristas de Açailândia(UESA) e A Força Jovem(AFJ), grupo teatral Quilombagem,  alunos das escolas: Carlos Beckman, José Cesário, Cafeteira, Lourenço Galetti e outras.






PAUTA DE REIVINDICAÇÕES
  Aplicação imediata de Tabela Salarial com base na Lei do Piso
 Aprovação imediata do Estatuto do Educador acordado com o governo em 2010

  Criação de um Plano Estadual de Educação com a participação democrática dos educadores do Maranhão  Concurso público imediato para funcionáios de escola
 Prorrogação da validade do concurso 2009
 Nomeação dos excedentes do último concurso público
 Concessão imediata das Promoções, Progressões e Titulações
 Regularização de concessão das licenças prêmios
 Cumprimento da decisão judicial, quanto ao pagamento do acordo revogado pela Lei 7.885/2003

  Garantia de horas extras para os educadores que ultrapassarem a jornada de trabalho semanal na unidade de ensino 
 Celeridade no processo de aposentadoria
 Formação inicial e continuada aos educadores
 Ampliação do Programa Pró-Funcionário 

 Criação da gratificação de estímulo profissional para funcionário de escola 
 Cumprimento da legislação (CEE/MA) vigente quanto ao limite de alunos e sala de aula 
 Isonomia salarial entre os professores contratados e efetivos
 Reajuste imediato do vale transporte
 Fim da terceirizaçã nas escolas
 Melhoria das condições de trabalho
 Promoção da melhoria das condições de saúde e segurança no trabalho em todos os espaços das escolas públicas estaduais

  Regionalizaçã da assistêcia àsaúe
 Criação de um plano estratégico de recuperação e ampliação das estruturas físicas do sistema educacional

Nenhum comentário:

Postar um comentário