quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

AEROPORTO DE SÃO LUIS PODE FECHAR. ALERTA DEP. ROBERTO COSTA.

O deputado Roberto Costa (PMDB), utilizou a Tribuna da Assembleia nesta quinta-feira(24),para alertar sobre os perigos  de avifauna nas operações áreas do Aeroporto Internacional Cunha Machado.

“Quero trazer a preocupação em relação a São Luis e ao Estado, porque o Aeroporto tem um papel  fundamental no crescimento do Maranhão”, disse o deputado.

 Roberto Costa abordou amplamente, o relatório da Infraero em que afirma ter um grande potencial de acidentes aéreos que venham ser provocados por agentes da avifauna, ou seja, por Urubus.

De acordo com o deputado o grande motivo, segundo o relatório, seria o lixo acumulado no aterro da Ribeira, distante á 7 km do Aeroporto, e que é administrado pela Prefeitura de São Luís.

Roberto Costa cobrou ações imediatas da Prefeitura, pois o relatório informa que o prefeito de São Luis, já foi comunicado diversas vezes e ainda não tomou nenhuma iniciativa para realizar o tratamento adequado ao aterro da Ribeira.    
           
“O Aeroporto vive um momento de dificuldade e o prefeito precisa tomar iniciativas imediatas, pois a Infraero até o presente momento não teve êxito para solucionar o problema”, disse Roberto.

O deputado apresentou uma situação que o relatório aponta como crucial. A presença dos Urubus na cabiceira 6, onde ocorre 95% das operações,  e onde o aterro está localizado. Na direção das atividades de pouso e decolagem.

Roberto Costa mencionou que o relatório pede a intervenção do Aeroporto  junto a Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC  e ao Ministro da Defesa, Nelson Jobim, que de imediato, encaminhou um comunicado a governadora Roseana Sarney, no dia 08 de fevereiro. Solicitando providências com vistas de solucionar o problema no Aterro da Ribeira.

“Com o objetivo de assegurar a segurança das operações no Aeroporto Internacional de são Luis, suas atividades poderão ser restritas pela autoridade de Aviação Civil”, declarou Roberto, lendo o oficio do Ministro Nelson Jobim.

BNC Parlamento

Nenhum comentário:

Postar um comentário