domingo, 23 de janeiro de 2011

VEJA COMO SE APOSENTAR EM 4 ANOS DE TRABALHO

VEJA COM SE APOSENTAR EM 4 ANOS DE TRABALHO

Já dizia o velho ditado: "O poder não modifica as pessoas, só revela a verdadeira face delas". Tudo isso, aliado a velha máxima, "que todo mundo mente o tempo todo", nos leva a triste conclusão: Estamos perdidos, para não escrever fu**dos, que você, indignado leitor do Blog, pensou que eu pensei em escrever, e acertou.
Este post foi motivado quando veio a tona a história do Senador Pedro Simom (PMDB-RS) pedindo o salário de Governador aposentado, depois de dois milênios no Congresso Nacional. Agora aposentado senador Álvaro Dias (PSDB-PR) faz o mesmo, mas pede o retroativo, o que soma R$ 1,6 milhões.
O que faz pensar que um cidadão é melhor que o outro? Um fica 40 anos trabalhando de sol a sol, de segunda a segunda, para assegurar um mísero salário mínimo na velhice, quando se gasta no mínimo uns quatro mínimos só na farmácia, outro passa 4 anos no poder e o resto da vida usurpando o erário público eternamente. Nosso Estado falido de saúde e educação, gasta milhões/ano para sustentar essa trupe inútil, até quando se fazia útil.
Usar o poder para garantir seu futuro às custas do cidadão é assinar diploma de impotência como homem. Mas aí já é exigir demais dos PHDs em incoerência e antiética.
E o futuro? Não será diferente. Com a educação em frangalhos seremos um monte de zumbis diante de um monitor transmitindo o BBB, sendo mais um dos Milhões a ligar para eliminar um outro bobo da corte Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário