segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Jerusalém, berço do cristianismo, reúne culturas e religiões distintas

Rosiane Rodrigues*

Uma cidade que, mesmo depois de 2.011 anos, continua sendo o ponto de partida para milhões de pessoas em todo o mundo. Foi em Jerusalém que a história dos cristãos começou a ser contada. Foi lá que a morte de Jesus marcou definitivamente a vida deles. O que mais angustia é saber como olhar e definir um lugar tão significativo, com suas riquezas e mazelas, perpassado por lutas e guerras, há séculos. Jerusalém é a união do novo e do velho, da paz e das disputas. Uma cidade histórica que hoje acolhe palestinos, judeus de todos os cantos, marroquinos, etíopes e europeus que se encontram para trabalhar e coexistir.
A jornalista Rosiane Monteiro mostra que na região não se encontra só o estereótipo do conflito. Há, sim, experiências de convivência pacífica entre culturas, costumes e religiões tão diferentes. Impressões registradas por um olhar brasileiro, durante dez dias de viagem.
Forte identidade religiosa
Afinal, quem são os muçulmanos, judeus e cristãos que dividem a Terra Santa? A questão que pode passar despercebida é entender que os moradores desta cidade, seus códigos, fronteiras e locais comuns são determinados pela identidade religiosa. Logo que cheguei, entendi que o que eu sabia sobre os conflitos que estão presentes na pauta internacional não podia ser levado em conta. Conhecer o que é diferente é o primeiro passo para que possamos entender que nem tudo é simples e que a intolerância religiosa é o combustível que tem movido o ódio em Jerusalém.
Em Jerusalém Ocidental estão as comunidades judaicas e alguns cristãos. Nela, temos a sensação de estar na Europa. Veem-se shoppings com lojas de grifes, restaurantes, pubs, danceterias. E muitas sinagogas!
O lado ocidental está fora das Muralhas: é a chamada Nova Jerusalém. Resistência cultural é o que melhor define as diversas comunidades que habitam essa cidade dividida, na qual não existe "uma" população.
*Rosiane Rodrigues, colunista do blog Religião & Fé, viajou como bolsista de um curso do Museu Yad Vashen.
Saiba mais dobre a viagem no blog de Rosiane:http://extra.globo.com/noticias/religiao-e-fe/rosiane-rodrigues/

Nenhum comentário:

Postar um comentário