domingo, 9 de janeiro de 2011


É possível existir amizade entre católicos e evangélicos?


"É possível existir amizade entre católicos e evangélicos?
Meu melhor amigo é católico!" (Pergunta enviada pelo Formspring)

Muitos de nós, acredita ser impossível e, até, pecado ter amizade com nossos irmão católicos.
Utilizam-se de versículos da Bíblia para reforçar a idéia de que não devemos conviver com pessoas que não têm a mesma fé que a nossa.

Um dos versículos mais utilizados com esse propósito é:

"... não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus." (Tiago 4:4b)

Mas, então, o que quer dizer esse versículo?

O versículo que antecede, fala dos prazeres do mundo.
Não devemos seguir os princípios corrompidos do mundo. Se assim fizermos, estaremos contra os princípios de Deus.
O mundo descrito no livro de Tiago quer dizer: o sistema em rebeldia contra Deus, debaixo do qual a humanidade se encontra desde que o pecado entrou em sua história.

Quero sugerir que assim que ouvir um determinado versículo da Bíblia, corra e leia também o seu contexto. Leia a história. O que aconteceu antes, durante e depois. E o Espírito Santo vai te conduzir ao entendimento do versículo.

Já ouvi um caso - não sei se é piada ou verdade - onde um irmão disse que não jogava futebol, porque Jesus dizia para parar a bola, portanto sua igreja proibia expressamente.
Quando lhe perguntaram de onde tiraram essa linha teológica, ele respondeu:
- Da Bíblia.
Foi aí que descobriram que Jesus não disse para parar a bola, mas que Jesus falava por parábolas.

Não pense que esse é um caso impossível de ter acontecido, pois já vi coisa muito pior por aí! E prefiro nem comentar...

Mas... 
Voltando ao assunto...

Alguns de nós vive num clube fechado, onde somente podem entrar aqueles que são parecidos conosco e que pensam de maneira igual.

Podemos sim conviver com pessoas que pensam de forma diferente!
A convivência é um instrumento poderoso para influenciar as pessoas com a verdade de Cristo.
As pessoas "do mundo"   não lêem a Bíblia; elas lêem nossas vidas! (não me refiro aqui aos irmãos católicos). Será que nossas vidas estão representando livros de boa qualidade, capazes de atraí-las a Cristo?

Conheço muitos católicos que podem influenciar, de forma positiva, muitos evangélicos (sem generalizar!). Não no que se refere à verdade da salvação, mas em comportamento, caráter e piedade.
Conviver com essas pessoas pode representar um rico aprendizado para nós.

Numa amizade, o respeito é algo essencial.
Portanto, em todos os nossos relacionamentos, deixemos resplandecer a luz de Cristo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário