quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Wilton Lima questiona título de matéria no Jorna Língua Grande



Wilton Lima disse...



Caro Lingua Grande,
Sou seu fã número 1, mas quero discordar do título da sua matéria, aonde você junta o joio com o trigo.
Foi exatamente isso que aconteceu quando do inquérito desse processo. Dr. Jorge Luis insanamente resolveu pronunciar denunciados e denunciantes para ver se o joio junto com o trigo pudesse salvar a colheita.


Fui um dos primeiros a denunciar esses crimes. Fui ameaçado de morte e na época foi a obrigado a polícia militar proteger a minha integridade enquanto apresentava o meu programa de TV ao vivo.
Portanto, como era previsto fui inocentado. Meu único crime foi ter aceitado morar de favor nos fundos da casa de um dos acusados. Aceitei por pura necessidade.


Em todos os depoímentos, todas as garotas disse me conhecer somente pela televisão, outras nunca me viram e somente umaa delas disse ter me visto entrando na casa de um dos acusados. Para me dirigir até meu quarto emprestado precisava entrar pelo mesmo portão que dar acesso a casa principal.


Por outro lado quero esclarecer que o mesmo Ministério público que me pronunciou, foi o que pediu minha absolvição e foi atendido pelo juiz da segunda vara.
Enfim, é preciso separar o joio do trigo para se salvar a safra. Ou seja, só condenando culpados e absolvendo inocentes pode se fazer justiça.


Fui muito prejudicado por conta desse processo e por isso estarei entrando com uma ação de indenização contra o Estado. Sei que em vida jamais receberei isso, e pode ficar para os meus netos, mas tenho que procurar que seja feita Justiça.


Grato, pela sua atenção e espero que possa rever seus conceitos de culpados e inocentes e que também possa deixar que a justiça condene ou absolva. Continuo seu fá número 1, apesar de discordar em alguns pontos do seu modo de fazer jornalismo.
Wilton Lima.

Resposta do comunicador Wilton Lima ao linguarudo

Nenhum comentário:

Postar um comentário