domingo, 19 de dezembro de 2010

MENSAGEM DE NATAL - 2010

A vida nos põe, mais uma vez, diante do Presépio, a meditar detidamente sobre o doce mistério da Encarnação do Verbo. Ninguém escapa desse sentimento próprio do tempo do Natal, quando a humanidade a si se impõe uma trégua aos impulsos animais, para a elevação do coração aos céus a meditar um pouco sobre a vida, seu sentido e seu destino.Tem sido assim, há 2010 anos. E amanhã? Qual o futuro que o mundo reserva ao Natal, senão o de cada vez mais ser uma doce pausa na marcha dos dias, para uma merenda espiritual que deleita, conforta e nos alimenta, destaca-se a melancolia, nessa época. Noutros, a desmedida euforia das compras. Em todos, no entanto, a preciosa oportunidade de agradecer a Deus o privilégio de Tê-Lo como Pai e Amigo, tornado Irmão e Cúmplice, pela Sua caminhada terrena. Com o Natal, tudo começou e tudo recomeça. E todos são chamados a contemplar em cada irmão o Cristo renascido, convocação especial da fé para a contemplação da realidade sem luzes e papais noéis, a nos lembrar que Deus um dia se fez homem, somente por Sua infinita capacidade de amar.

O resto são rotinas. Que o amor povoe o coração de todos, neste tempo de Advento, espalhando sobre o ano de 2011 a gloriosa sensação de sermos objetos diretos do Amor de Deus.




Brasília, dezembro de 2010

Dom Josivaldo Pereira de Oliveira

Conselheiro Presidente do CE/ICAB

Nenhum comentário:

Postar um comentário