terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Espanha: Aluno muçulmano denuncia professor por falar de presunto

Por Redacção

Uma aula de geografia aparentemente normal terminou com uma denúncia feita por um dos alunos ao professor. Um rapaz muçulmano, que estuda no Instituto Menéndez Tolosa, em Cadiz, sentiu-se ofendido quando o professor falou em «presunto» durante a aula e contou aos pais, que apresentaram queixa na polícia.

O professor José Reyes Fernández estava a explicar que o clima frio da região de Trevélez (Granada) favorece o processo de corar o presunto, produto típico do local, quando o aluno muçulmano, incomodado com a referência a um produto proibido na sua religião, saiu da sala.

Depois do sucedido, os pais do rapaz fizeram uma denúncia à polícia. O caso já está a ser investigado e já levou o professor a prestar declarações, apesar de alguma surpresa e incredulidade.

O professor, que já exerce a profissão há 20 anos, parece nunca ter tido problemas com os seus alunos.

Segundo fontes judiciais, a situação deverá ser arquivada nos próximos dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário